Depois da chuva

3 comentários

Parou de chover agora pouco. E aí me chega essa animação pelo Twitter:

apres_la_pluie

apreslapluie_01

Quer assistir? Mete o dedinho aqui.

O vídeo se chama “Après la pluie” (“Depois da chuva”) e é meio que um cruzamento de Hayao Miazaki, Takashi Murakami e computação gráfica. O resultado, como não podia ser diferente, é poesia visual de primeira. O curta foi produzido por um grupo de alunos franceses como trabalho de conclusão de curso (nome de todo mundo aqui também). Nota 10 pra eles.

(Dica do Rogério, via Twitter)

Anúncios

Não deu liga

4 comentários

Daí que o Grupo Gay da Bahia (GGB) fez uma campanha contra o preconceito baseada nos quadrinhos da Liga da Justiça. Assim… Eu até entendo que os quadrinhos possam, de alguma forma, ser considerados heteronormativos e preconceituosos (embora eu ache que contenham roupas apertadas e ambiguidades o bastante para ter conquistado leitores gays ao longo de décadas) e que qualquer atitude contra o preconceito é louvável.  Mas gente, combater preconceito baseando-se em estereótipos é algo tão contraditório na minha cabeça limitada… Acompanha:

super_herois_mulhergrandMulher maravilha: a trava

super_herois_superggrandeSuper-man: o fashionista

super_herois_morcego_grandeBatman e Robin: O casalzinho. Dá até pra saber quem dá elétron pra quem…

super_herois_homem_verdegrandeHulk: A barbie

super_herois_ca_amer_grandeThe flash: A LOKA!

Ah, na boa? Pra fazer isso, sou mais o vídeo que ganhou o “Show do gongo” de 2007:

Pelo menos é engraçado…


I kissed a girl…

3 comentários

Eu nunca gostei muito de I kissed a gril”, da Katy Perry.  Sei lá, sempre achei meio chatinho, a sonoridade não batia com meu santo. Mas hoje percebi, mais uma vez, como um simples detalhe pode mudar algo por completo. No caso, sai Katy Perry, entra Ivri Lider, um cantor gay israelita. O fato de ser UM CARA dizendo “I kissed a girl and I liked it (…) hope my boyfriend don´t mind that” torna a brincadeirinha lésbica de Katy Perry uma piada boba. Adorei. Inclusive porque essa versão acústica é bem melhor que a original, na minha opinião:

Vodpod videos no longer available.

E esse clipe? O clima “banheirão de boate” e a câmera parada (lembrei do que falei sobre “Rumba”e os videoclipes) é o que há. Fora que o fim do vídeo tem um “detalhe” bem sutil e legal também.

Já notou que Israel bomba por aqui? Primeiro foi a Yaël Naïm, depois o Oren Lavie, agora Ivri Lider. Mazel Tov!

Miss divertimento

3 comentários

Então, acontece que Dayana Mendoza (que, aliás, se chama Dayana Sarina Mendoza. Adoro esses nomes compostos! É que nem Sarah Jessica Parker! Diga Sarah Jessica em português pra ver que nome lindo…), a miss universo, foi visitar a prisão de Guantanamo, gente. O compromisso faz parte da agenda da Miss e de um programa do governo americano que leva celebridades pra visitar campos militares e “animar” os soldados, olha que legal.

Miss Universe“Tu te tornas eternamente responsável pro aquilo que cativas”

Mas aí, veja você, caro leitor, o que dá ter “O Pequeno Príncipe” como principal referência bibliográfica: Dayana achou Guantanamo SUUUUPER divertido. A venezuelana escreveu sobre a experiência no blog dela e o G1 transcreveu uns trechos imperdíveis. Tem hora que não dá pra saber se é Guantanamo ou a Disney, ó:

“Vimos também as celas, onde tomam banho, onde têm os momentos de recreação, aulas de arte. Foi muito interessante.”

“Os rapazes nos mostraram como eles vivem por lá, o barco, como é o trabalho e nos mostraram a ilha. Foi muuuuito divertido”

Mas a minha parte preferida é quando ela diz assim: “Eu não queria sair de lá. É um lugar para relaxar, calmo e lindo” Ué, Dayana, em outros tempos o presidente do seu país seria convidado oficialmente pra passar uns dias lá. Você, como Miss Universo, provavelmente também teria passe livre. E, olha, certeza que tão cedo vocês não sairiam de lá. Pena que Obama mandou fechar a prisão, né? Esses americanos, vou te contar…

dayaChoqué

Sunga turbinada

4 comentários

Adeus constrangimento! A partir de agora, a água fria não poderá mais te diminuir na frente dos seus amigos. Chega de usar frasco de desodorante pra tirar foto pro Orkut. É só dar uma passadinha lá no site da Mr. Busy Balls (“Sr. Bolas Ocupadas”) e comprar a exclusiva sunga Rooster Booster (algo como “turbinadora de galo”. Lembrando que galo em inglês também pode ser “cock”. E “cock” é nome chulo do dito-cujo, quer dizer… em bom português seria uma “aumenta-pinto” mesmo):

roosO piercing no mamilo do modelo denuncia o possível público-alvo

A sunga tem uma espécie de “suporte atlético” que mantém as coisas robustas mesmo na água fria. Não entendeu? Esse vídeo super didático explica:

Engraçado que o tamanho também é regulável porque, como o vídeo deixa bem claro, a sunga “garante sua discrição”. Claro. Alguém que sai por aí com um troço desses só pode estar querendo passar despercebido mesmo… Se isso der dinheiro, juro que me arrependerei de ter feito faculdade…

(do G1)

Uma imagem vale mil palavras

1 Comentário

Tipos que a NASA está fotografando a superfície de Marte com uma câmera de altíssima resolução, e parece que capturaram uma imagem da erosão no solo do planeta e ZZzzzzZZZZZZZZZzzzz…

marte

Pai herói! Desde quando sonda interplanetária virou aparelho ginecológico?

(do Terra)

Salto com vara

2 comentários

Então gente, crise é foda, né? Por exemplo, sabe o Romain Mesnil? Vice campeão mundial de salto com vara? Não? Nem eu, mas é esse aqui,ó:

romain

Então, acontece que a Nike resolveu que não vai mais patrocinar o Romain por “razões orçamentárias e estratégicas”. Mas ele não desistiu! Resolveu que ia conseguir outro patrocínio e fez o que qualquer pessoa faria: pegou sua vara e saiu correndo peladão pelas ruas de Paris. Duvida? Assite isso:

Bela atitude, Romain! Lembrei que a Kellog´s parou de patrocinar o Michael Phelps por causa do lance da maconha. Será que rola dele sair nadando pelado por aí?

(do Towleroad)

Older Entries