Calma, o piloto ainda está interinho e vivo. Só que ele desembolsou US$200 mil pra fazer uma viagem espacial. Isso tudo porque a Virgin, patrocinadora da escudeira de Rubinho, resolveu colocar uns pilotos em órbita no seu próprio ônibus espacial. Porque pelo jabá, vale tudo.

O mais legal da história? É que nem assim Barrichello consegue ser o primeiro em alguma coisa. Marcos Pontes “foi pro espaço” em 2006, se tornando o primeiro brasileiro a realizar tal “proeza”.

astrorub“Num deu”…

(Do Yahoo!)

Anúncios